Blogar sobre nada

Setembro 8, 2010

Depois de ter lido um post no Proud N00b sobre como blogar, fiquei com vontade de escrever mais um post no meu blog, mas sobre o quê?

Ok vou blogar precisamente sobre o facto de não saber o que devo blogar.
Como será que tantos autores de blogs conseguem tema para um novo post dia após dia após dia?

Enquanto eu que só escrevo quando “O Rei faz anos” estou aqui a arranhar umas frases que pouco interesse ou nenhum tem para quem quer que seja. Mesmo eu tenho a certesa que esquecerei com facilidade o que estou a escrever neste momento.

A pergunta que me surge neste momento é, Então porque que estou a escrever?
Poderia dizer que é para treinar, sem treino nunca escreverei nada que atraia leitores. Apesar desta ser umas resposta valida, não é a verdade.
A unica resposta que me vem à cabeça e que sinto-a como verdade é que o que li antes de começar a escrever me deu uma vontade tão grande de fazer um post que, mesmo sem ter assunto algum para escrever, aqui estou eu a escrever um post com o titulo “Blogar sobre nada”.

Outra pergunta me surge depois desta é: Será que quem escreve todos os dias tem uma grande vontade de escrever posts, é por isso que escrevem todos os dias ou serão meras pessoas como eu que lutam para ter um tópico que possa ser corrigido.

Vou ficar a pensar no que vou escrever no próximo post.

Anúncios

Android vs Iphone

Abril 28, 2010

Muito se tem falado do iphone nos últimos tempos e do monopólio que parece estar a ser criado na área mobile.

O aparecimento do iphone foi um ponto de viragem.

No futuro quando se falar de telemóveis vão existir 2 tempos distintos, o antes e o depois do aparecimento do iphone. A apple mais uma vez vai ficar na história com o mesmo “oscar” que já ganhou no passado, o “oscar da enovação”.

No entanto este ponto de viragem não foi só benéfico para a Apple, foi também benéfico para todas as marcas de smartphones, pois desde o aparecimento do iphone que os smartphones tem vindo a ganhar terreno aos “outros” telemóveis que eram a escolha da larga maioria das pessoas.

Neste momento a competição pelo telemóvel mais usado no planeta tornou-se muito mais interessante.

Antes não havia propriamente um telemóvel mais usado (podia haver, mas não se destacava muito) o que havia era uma marca que se destacava mais mas pela venda de vários modelos de telemóveis. A Nokia tinha/tem uma gama muito variada de telemóveis porque o mais importante era  forma/aspecto do telemóvel.

Depois do lançamento do iphone começou-se a dar uma maior importância ás aplicações disponíveis para um determinado smartphone. Quanto mais aplicações disponíveis um smatphone tem maior a probabilidade de sucesso.

A esta altura da leitura, muitos de vós, que me segue e lê atentamente todos os meus posts ( pelo menos eu e o meu cão lemos) estão a perguntar-se porquê  que o titulo deste post tem a palavra Android.

O Android a meu ver pode muito bem vir a ser o Sistema Operativo mais usado no mundo dos telemóveis.

Não precisa de ter o melhor hardware nem precisa de ter o melhor Sistema Operativo (Isso pertence à Apple e ao iphoe). Apenas necessita de ter ferramentas decentes de desenvolvimento e se o Google der ouvido ás necessidades dos programadores e não lhe restringir o modo de programar em breve o iphone terá no Android um adversário à altura.

Esta é a única falha que tenho a apontar à Apple. É o acto de restringir os programadores ás suas ferramentas e ás suas libs. Com isto inibem os programadores de escolher a forma mais comoda de expressar as suas ideias.

Pode parecer subtil mas pode muito bem ser fenda na pirâmide. A fenda que pode provocar o desmoronamento da pirâmide do iphone.

Há um ano atrás fiquei a saber que as vendas na appstore estava ao rubro, que andavam a vender que nem pãezinhos  quentes. Fiquei também a saber que existiam alguns casos de programadores singulares a ficarem ricos com as suas aplicações desenvolvidas para iphone.

Na altura fiquei muito curioso para saber como desenvolver para iphone porque se a appstore vendia assim tanto eu também queria vender as minhas futuras aplicações e quem sabe ganhar muito dinheiro com isso.

Não perdi tempo e comecei a investigar o que era necessário para desenvolver para iphone.

Em pouco tempo  tinha tudo o que era preciso e já andava a aprender Objective C ( um dos  requisitos para desenvolver aplicações para iphone)

Passado um mês  já dominava minimamente o ambiente de desenvolvimento e a linguagem de programação. Estava pronto a começar a minha aplicação que tanto dinheiro me ia dar.

Bem nem sempre as coisas são como nos parecem à primeira vistas. 🙂

Quando laçamos aplicação na appstore ( sim, lançamos, o verbo está certo, eu só programo e era necessário o trabalho de um designer para que o aspecto da app fosse minimamente decente) ficamos à espera que começasse a chover dinheiro na nossa horta mas a verdade é que nada disso aconteceu. A aplicação começou por vender uma a duas unidades por dia e com o tempo esses valores foram baixando.

Fiquei um pouco desiludido ( graças à minha própria ignorância ) e passei umas semanas com pouca vontade de voltar a programar para iphone, mas a verdade é que para se vender uma aplicação 40% do esforço é gasto no desenvolvimento e 60% é gasto na promoção. Com a appstore a coisa não é diferente. As aplicações não se vendem por magia e a resposta á minha pergunta era já conhecida à muito tempo, até por mim.

Pergunta: Quanto dinheiro dá uma aplicação  de iphone por mês?

Resposta: Depende da qualidade do produto e da promoção/divulgação que se faz ao mesmo, assim como em qualquer mercado e com qualquer produto.

O que me chateia mais no processo de aprovação das aplicações para iphone é o tempo que cada aprovação demora.

Isto agrava-se ainda mais quando depois de aprovada um simples update à aplicação e o processo de a provação é precisamente o mesmo.

São 20 dias (ou mais) de espera para saber se uma aplicação foi aprovada ou não.

Este sistema parece ainda pior quando vivido por dentro.

O ano passado fiz uma jogo para iphone  (miniheli) e como todas as aplicações o miniheli não estava livre de bugs. (Os bugs são erros de programação que fazer uma aplicação ter um comportamento erratico em determinadas situações.) As correcções dos bugs nem sempre são lineares , é um processo evolutivo e é aí que a aprovação de updates me deixa com os nervos em franja.

Passo a explicar, detecto um bug na minha aplicação que está na appstore, procedo à sua correcção e submeto novamente a aplicação à aprovação (toca de esperar mais 20 dias) , é extremamente irritante ter uma aplicação nossa com bug  esposta ao mundo e com uma correcção em aprovação durante 20 dias.

Mas isto ainda pode piorar. Digamos que descubro mais um bug só que a aprovação do update ainda vai em 5 dias, o que faço volto a submeter um update perdendo os 5 dias de espera ou espero mais 15 para a aprovação da correcção do 1º bug e logo depois submeto de novo para acorrigir o 2º bug?

Se escolher a primeira opção espero no total 25 dias para ter uma aprovação de 2 bugs.

Se escolher a segunda opção espero apenas 20 para ter a provada a 1ª correcção e mais 20 dias para a 2ª correcção

Por estranho que possa parecer eu prefiro a segunda hipótese, é que numa sabe que não irei encontrar bugs de 5 em 5 dias durante mais tempo que que imaginei. Se isso acontesse, estar estaria constantemente a voltar à estaca zero no tempo de aprovação

Pergunto-me de não haverá uma forma mais eficaz de ver uma app aprovada para figurar na appstore.

O novo site do Miniheli

Novembro 7, 2009

O Miniheli já tem um site só para si. http://miniheli.iddtouch.com

NodeBox

Novembro 21, 2008

Aqui vai uma informação muito especifica. 🙂

Para quem tem um Mac, é programador na area de graficos e multimedia e ainda gosta de Python 🙂 apresento-vos a minha ultima descobreta casual 🙂 o NodeBox.

1º Post

Julho 4, 2008

Inicio de blogue. (3º tentativa)

Dizem que à 3ª é de vez. 🙂

Portanto para este primeiro post posso completar o titulo do blogue assim:

IF blog.succeed() THEN continue

ELSE

blog = new Blog()

DO  blog.WritePost() WHILE TRUE